PT | EN
PT | EN

MÚSICA FRANCESA PARA SOPROS

Obras de C. E. LEFÈBVRE, T. DUBOIS e C. GOUNOD

 

Notas ao Programa

Nascido em Paris, Charles Edouard Lefèbvre estudou no conservatório com C. Gounod e A. Thomas. Em 1870, foi premiado com o Prix de Rome em conjunto com Henri Maréchal pela Cantata Le Jugement de Dieu. Mais tarde, em 1895 sucedeu a Benjamin Godard como diretor de música de câmara no conservatório de Paris.  Lefèbvre compôs mais de 100 obras, incluindo uma sinfonia, suítes orquestrais e de sopro, peças de órgão, piano, música de câmara, óperas e bailados, e a suite que hoje apresentamos é um bom exemplo da sua escrita musical.

 

Também francês, Théodore Dubois foi compositor, organista, professor de música e autor de vários livros sobre teoria musical muito utilizados na pedagogia musical durante décadas. À semelhança de C. Lefèbvre, depois de estudar no conservatório de Paris, ganhou o principal prémio musical da França, o Prix de Rome em 1861. Como compositor, era reconhecido pelo seu bom gosto, no entanto, era considerado não muito original e inspirador. Embora aspirasse ser conhecido como um compositor de ópera, acabou por ficar mais conhecido pelas suas composições de música sacra e litúrgica.

 

De Charles Gounod, apresentamos A Pequena Sinfonia encomendada por Paul Taffanel, amigo de Gounod e professor de flauta de referência do Conservatório de Paris. Gounod escolheu uma instrumentação que se aproximava das partituras de algumas serenatas para instrumentos de sopro de Mozart - dois oboés, dois clarinetes, duas trompas e dois fagotes – aos quais juntou uma única flauta, em deferência para com o seu ilustre amigo Taffanel. A Pequena Sinfonia é uma evocação em miniatura da sinfonia clássica completa característica dos finais do século XIX, delicada, evocativa e elegantemente colorida.

 


Programa


C. E. LEFÈBVRE (1843 – 1917)

Suite nº 2 para Sexteto de Sopros, op. 122

 

T. DUBOIS (1837 – 1924)

Suite nº 2 para Octeto de Sopros

 

C. GOUNOD (1818 – 1893)

Pequena sinfonia para Sopros

 

 

Ensemble Além Tejo da Orquestra Clássica do Sul

Orquestra Clássica do Sul, Organização

Ordem do Carmo de Faro, Apoio

50 minutos, Duração

 


26/11

FARO

Igreja do Carmo

19h00

Entrada livre sujeita à lotação da sala

+ Info: OCS T. 289 860 890

voltar a ensembles "algarve" e "além tejo"

SERENATA GERMÂNICA | Faro

02/12
Faro
Teatro Lethes
19h00

saber mais

CONCERTO CELESTIAL | Faro

04/12
Faro
Igreja do Carmo
19h00

saber mais

Se deseja receber notícias sobre futuros eventos, subscreva a nossa newsletter

Morada
Rua João Brito Vargas
Casa das Figuras
8005-145 Faro
Siga-nos